Universitários brasileiros leem pouco

Universitários brasileiros leem pouco. Quem garante é a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). Segundo pesquisa feita com 19.691 estudantes de graduação de universidades federais de todo o País, o universitário brasileiro lê de 1 a 4 livros por ano, com os índices variando para menos nos Estados mais pobres e para mais nos Estados mais ricos. Na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), 23,24% dos estudantes não leem um livro sequer durante o ano. Numa realidade oposta, os estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) são ávidos por leitura: 22,98% deles leem geralmente mais de 10 livros por ano. No Maranhão, um dos Estados mais pobres do País, esse índice é de apenas 5,57%. Os números da Andifes mostram também outras realidades do universitário brasileiro: a partir do cruzamento de dados, foi possível mapear e distinguir os cenários regionais no tocante a hábitos de leitura, frequência a bibliotecas, domínio da língua inglesa, tabagismo, consumo de bebida alcoólica, remédios e drogas ilícitas. A UFMA, que lidera o ranking dos universitários que não leem nada, ficou em quarto lugar entre os menos assíduos à biblioteca da universidade – 28,5% dos graduandos não a frequentam. O primeiro lugar nesse quesito ficou com a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio): metade de seus alunos esnoba o espaço.

Com informações de: Época.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 opiniões sobre “Universitários brasileiros leem pouco

  • 1 de setembro de 2011 em 16:23
    Permalink

    Leem pouco mesmo.
    Eu mesmo custei a ler o post, kkkk
    Por outro lado.. estudos mostram que quem lê mais faz menos sexo. (imagina quem faz um estudo desses, hã?]

    Resposta

Deixe uma resposta:

%d blogueiros gostam disto: