Todas elas juntas num só ser

Helô Pinheiro tinha apenas 15 anos quando costumava passar em frente ao Bar Veloso, na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro, que era frequentado por ninguém menos que Tom Jobim e Vinicius de Moraes. Seu caminhar despreocupado e indiferente aos olhares masculinos foi a fonte de inspiração para o maior sucesso da dupla de compositores: Garota de Ipanema. “É ela a menina que vem e que passa / No doce balanço, a caminho do mar”, diz a letra (ouça aqui). Essa e mais 49 histórias são contadas no livro “Músicas & Musas: a verdadeira história por trás de 50 clássicos pop“, que acaba de ser lançado no Brasil. “Garota de Ipanema” é a única canção brasileira lembrada pelos autores Michael Heatley e Frank Hopkinson. As demais envolvem nomes como Beatles, Rolling Stones, Bob Dylan, entre outros. No entanto, se as musas verde-amarelas foram esquecidas no tal livro, foram mais do que lembradas (embora não homenageadas) por Lenine em “Todas elas juntas num só ser”, canção belíssima cuja letra cita (quase) todas as mulheres já “cantadas” na música brasileira. Ouça abaixo e você entenderá o tamanho da genialidade do cara.

.

Feliz Dia da Mulher!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta: