Na Justiça, tardar é falhar

Todo psicólogo ou adestrador de cães sabe que a punição deve ser aplicada imediatamente após o comportamento indesejado. Somente assim é possível criar uma condicionante capaz de corrigir aquela “traquinagem” do seu pet. Até certo ponto, o mesmo vale também para os humanos: enquanto o tempo passa, a possibilidade de fazer justiça escorre por entre os dedos como a areia de uma ampulheta. Esse senso de urgência na aplicação da justiça está solenemente registrado nas palavras de Jesus, enquanto proferia o seu famoso Sermão da Montanha: “Entre em acordo DEPRESSA com seu adversário que pretende levá-lo ao tribunal. Faça isso enquanto ainda estiver com ele a caminho” (Evangelho de Mateus 5:25). Mesmo no Antigo Testamento, o rei Salomão já alertava: “Quando os crimes não são castigados logo, o coração do homem se enche de planos para fazer o mal” (Eclesiastes 8:11). Mais recentemente, Ruy Barbosa dizia que “a justiça atrasada não é justiça, mas injustiça qualificada e manifesta”. E ainda: “Justiça tardia nada mais é do que injustiça institucionalizada”. Ao contrário dessa orientação, aqui no Brasil alguns crimes levam anos para serem julgados; e o acusado muitas vezes aguarda o julgamento em liberdade. Onde está a “sede de Justiça”? Enquanto não aprendermos a lição, a Justiça vai continuar a tardar e, invariavelmente, falhar.

Previsões futurísticas para o ano 2000

Veja também: Saindo da ópera no ano 2000

Você já tentou imaginar como será o mundo no ano de 2100? Pois saiba que se você o fizer e colocar tudo no papel, as pessoas daquela época darão muitas risadas de sua ingenuidade. Afinal, é isso que fazemos hoje com quem fez aquelas famosas previsões futurísticas para o ano 2000. As ilustrações abaixo foram feitas por futuristas franceses em 1910 e pertencem a uma coleção extraída diretamente da Bibliothèque nationale de France. A intenção era retratar como eles imaginavam o mundo no ano 2000, com todos os avanços tecnológicos do “novo milênio”. Muitas coisas que você verá aqui vão muito além da realidade e nem mesmo Steve Jobs ou Bill Gates foi capaz de pensar em algo tão miraculoso. Outras coisas refletem a ingenuidade das expectativas. Veja:

Todo mundo teria um monomotor e os guardas de trânsito voariam com asas!
Os bombeiros também teriam asas para apagar incêndios voando!
Um protótipo de um trem bala?
Nessa eles acertaram: previram os patins! (e as quedas rsrs)
Robôs para cortar cabelo? Deus me livre!
Esta é a minha preferida. Parece estúpida, mas acerta no ponto principal: livros de papel dando lugar à informação em mídias digitais!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pág. 11 de 11Pág. 1 de 11...91011
%d blogueiros gostam disto: