O que você está pesquisando?

Uma breve confissão (ou seria um desabafo?) do pós-graduando. Uma situação corriqueira pela qual todos nós já passamos (ou vamos passar) várias vezes durante a jornada acadêmica, especialmente em cursos de pós-graduação.


Sempre que digo a alguém que faço doutorado, já começo a ter calafrios. Porque em seguida, inevitavelmente, vem uma pergunta do tipo “O que você está pesquisando?”. Pronto. Não existe tarefa mais árdua do que explicar a uma pessoa leiga no assunto o tema da sua pesquisa. É claro que a gente tem as hipóteses, os objetivos e, se bobear, até a metodologia na ponta da língua. Mas traduzir tudo isso de maneira simples, concisa e coesa não é fácil. Ainda mais quando parece ser impossível fugir dos termos técnicos. Entretanto, a outra pessoa não espera de você uma aula sobre o assunto. Às vezes ela nem mesmo quer saber de verdade o que você faz. Está apenas tentando ser educada.

Terminada esta etapa, dependendo do grau de especificidade do seu trabalho, vem o segundo ato: convencer a outra pessoa da relevância da sua pesquisa. Porque nem toda pesquisa é sobre a descoberta da cura do câncer ou sobre uma nova fonte de energia. Existem pesquisas básicas, sobre enzimas, proteínas ou novos materiais cujos resultados são ansiosamente aguardados no meio acadêmico. Mas vai explicar isso para a sua tia/vizinha/irmã-da-amiga-da-sua-prima! Depois de algumas tentativas mal-sucedidas, estou pensando seriamente na possibilidade de ensaiar alguma resposta-pronta-engraçadinha para quando for pego desprevenido nesta situação.


Descreva sua pesquisa em apenas uma frase

Você se dedica a estudar determinado assunto, todos os dias, durante anos. Passa dias e noites tentando responder aquela pergunta inquietante. Não há como não se envolver emocionalmente com aquele tema. É bem provável que você consiga passar horas explicando suas descobertas. Ao final, você olha para todas aquelas folhas com um misto de alívio, alegria e sensação de dever cumprido. Mas você conseguiria resumir toda sua pesquisa em uma única frase? Pois esta é a proposta do tumblr LOL My Thesis, que virou febre entre os pesquisadores no exterior. As frases, na maioria das vezes escritas pelo próprio autor da pesquisa, resumem as pesquisas já concluídas com apenas uma frase, simplificando muitas vezes de maneira intencionalmente engraçada as intenções e descobertas. O resultado é que muitas pesquisas acabam soando ridículas, absurdas ou extremamente óbvias. Em alguns casos, a frase ainda vem acompanhada do link para o estudo que realmente foi publicado, o que torna tudo bem mais engraçado. E você, o que está pesquisando na pós-graduação? Conseguiria resumir sua pesquisa em uma frase?

USP oferece curso online e gratuito que ensina a escrever artigos científicos

brasao-uspPara melhorar a qualidade da elaboração de artigos científicos por pesquisadores brasileiros, a  Universidade de São Paulo (USP), líder em produção científica no país, lançou o curso online de Escrita Científica, que tem como objetivo auxiliar pesquisadores e estudantes de pós-graduação na elaboração de artigos de maior relevância acadêmica.

“A redação de artigos científicos, elaborados para serem publicados em revistas, é um dos gargalos para o crescimento da produção científica das universidades, incluindo a própria USP. A técnica não é dominada amplamente, em especial pelos pesquisadores principiantes e alunos de pós-graduação”, afirmou o Pró-Reitor de Pesquisa da instituição, Marco Antonio Zago. É por isso que o curso foi pensado de forma didática e intuitiva. Desenvolvido pelo professor Valtencir Zucolotto, do Instituto de Física de São Carlos-SP, o curso é dividido em 8 módulos e conta com videoaulas que explicam, passo a passo, cada uma das partes que compõem o paper (títulos, introdução, resultados, conclusões). Há um tópico especial sobre a elaboração de textos científicos em inglês. Além das videoaulas, que podem ser consultadas a qualquer momento, os interessados ainda contam com apostilas e materiais didáticos extras, que trazem indicações de obras de referência recomendadas por Zucolotto. Todos os materiais podem ser baixados livremente. O curso, no entanto, não disponibiliza a emissão de certificados.

Com informações de: USP.


ATUALIZAÇÃO EM 28/04/2016: A notícia veiculada neste post é de 2013. Por quase três anos, o curso foi oferecido gratuitamente na internet e não emitia certificado. Este ano, porém, ele foi reformulado: passou cobrar uma taxa de inscrição e a emitir certificado. Isso levou alguns leitores tardios e desatentos a acusarem este post de “propaganda enganosa”. Não se trata disso: as informações apenas ficaram desatualizadas com o tempo. O material do curso continua disponível para consulta ou download nestes links:

ARTIGO CIENTÍFICO

1. Modelo padrão de artigo feito pela Intercom
2. Normas da ABNT sobre artigos acadêmicos
3. Professora da USP detalha os tipos de  artigos
4. Professora da USP ensina a produzir artigos

TCC DE GRADUAÇÃO

1. Modelo pré-formatado de TCC da USP São Carlos
2. Prezi: uma alternativa aos slides do Powerpoint

MONOGRAFIA DE GRADUAÇÃO

1. Recomendações para a monografia da USP
2. Instruções detalhadas para elaboração de uma monografia
3. Ferramenta para ajudar na formatação do trabalho

DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

1. Diretrizes sobre dissertações da USP
2. Manual sobre dissertações da UFRJ
3. 
Softwares para facilitar a elaboração da dissertação

TESE DE DOUTORADO

1. Manual de elaboração de teses da UFRJ
2. Organize sua rotina de estudos com o software Colabolo

3. Modelo de esqueleto de uma tese de doutorado da COPPE

Links de teologia reformada

500 anos da Reforma – Site comemorativo da IPB.

WRF – Fraternidade Reformada Mundial.

Ministério Fiel – Portal de teologia reformada.

Monergismo (site novo) – Portal de teologia reformada.

Monergismo (site antigo) – Portal de teologia reformada.

Monergism – Portal de teologia reformada (em inglês).

Cosmovisão Calvinista – Grupo de estudos de teologia reformada.

Academia Reformada – Cursos online de teologia reformada.

Escola Spurgeon – Cursos online de teologia reformada.

Projeto Charles Spurgeon – Textos do teólogo traduzidos.

Projeto Charles Ryle – Textos do teólogo traduzidos.

Projeto Castelo Forte – Textos reformados traduzidos.

Got Questions – Perguntas e respostas sobre a Bíblia.

Perguntar Não Ofende – Perguntas e respostas sobre a Bíblia.

Em Poucas Palavras – Programa de rádio com Augustus Nicodemus.

Soundcloud PIPGO – Sermões em áudio de Augustus Nicodemus.

Mensageiro Luterano – Revista da Igreja Luterana.

Revista Ultimato – Voltada ao público evangélico em geral.

Teologia Brasileira – Revista voltada a estudantes de teologia.

Curso de Hebraico Bíblico – Videoaulas de Wilson Porte Jr.

Curso de Grego Bíblico – Videoaulas de Wilson Porte Jr.


EDITORAS CRISTÃS 

Cultura Cristã | Fiel | Monergismo | Hagnos

Mundo Cristão | Vida Nova | Vida | Shedd


IGREJAS HISTÓRICAS

Igreja Presbiteriana do Brasil

Igreja Presbiteriana Independente do Brasil

Igreja Evangélica Luterana do Brasil

Igreja de Confissão Luterana no Brasil

Igreja Anglicana Reformada do Brasil

Igreja Episcopal Anglicana do Brasil

Igreja Evangélica Congregacional do Brasil

Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Catedral Presbiteriana de São Paulo


SEMINÁRIOS TEOLÓGICOS

Seminário Presbiteriano do Sul (Campinas-SP)

Seminário Presbiteriano do Norte (Recife-PE)

Seminário Presbiteriano Brasil Central (Goiânia-GO)

Seminário Presbiteriano de Brasília (Brasília-DF)

Seminário Presbiteriano do Nordeste (Teresina-PI)

Seminário Presbiteriano Simonton (Rio de Janeiro-RJ)

Seminário Presbiteriano Rev. DNE (Belo Horizonte-MG)

Seminário Presbiteriano Rev. JMC (São Paulo-SP)

Universidade Presbiteriana Mackenzie (São Paulo-SP)

Centro de Pós-Graduação Andrew Jumper (São Paulo-SP)

Instituto Reformado de São Paulo (São Paulo-SP)

Westminster Theological Seminary (USA)

Curso Fiel de Liderança (online)


CREDOS E CONFISSÕES DE FÉ

Credos, confissões, declarações, símbolos, catecismos
e outros documentos históricos da fé cristã reformada.

Credo Apostólico (século I d.C.)

Confissão de Fé Valdense (1120)

Confissão de Fé Valdense (1544)

Confissão de Fé da Guanabara (1558)

Confissão de Fé Francesa (1559)

Confissão de Fé Escocesa (1560)

Segunda Confissão Helvética (1562)

39 Artigos da Religião (1563)

Catecismo de Heidelberg (1563)

Confissão de Fé Belga (1566)

Os Cânones de Dort (1619)

Confissão de Fé de Westminster (1646)

Breve Catecismo de Westminster (1649)

Catecismo Maior de Westminster (1649)

Confissão de Fé Batista de Londres (1689)

Confissão Batista de New Hampshire (1833)

Mensagem e Fé Batista (1925)

Pacto de Lausanne (1974)

Declaração de Chicago (1978)

A Razão da Nossa Fé (1981)

Declaração de Cambridge (1996)

Declaração de Fé da WRF (2000)


Veja também:

Links de utilidade pública

Links de utilidade acadêmica

Links sobre cultura clássica

Links de filosofia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pág. 2 de 212
%d blogueiros gostam disto: