A celebridade é um plebeísmo

Crônica de Fernando Pessoa (1888-1935), consagrado poeta português, extraída da obra Notas Autobiográficas e de Autognose.


Às vezes, quando penso nos homens célebres, sinto por eles toda a tristeza da celebridade. A celebridade é um plebeísmo. Por isso deve ferir uma alma delicada. É um plebeísmo porque estar em evidência, ser olhado por todos, inflige a uma criatura delicada uma sensação de parentesco exterior com as criaturas que armam escândalo nas ruas, que gesticulam e falam alto nas praças. O homem que se torna célebre fica sem vida íntima. Tornam-se de vidro as paredes da sua vida doméstica. É sempre como se fosse excessivo o seu traje; e aquelas suas mínimas ações – ridiculamente humanas às vezes – que ele quereria invisíveis, coa-as a lente da celebridade para espetaculosas pequenezes, com cuja evidência a sua alma se estraga ou se enfastia. É preciso ser muito grosseiro para se poder ser célebre à vontade.

Depois, a celebridade é uma contradição. Parecendo que dá valor e força às criaturas, apenas as desvaloriza e as enfraquece. Um homem de gênio desconhecido pode gozar a volúpia suave do contraste entre a sua obscuridade e o seu gênio; e pode, pensando que seria célebre se quisesse, medir o seu valor com a sua melhor medida, que é ele próprio. Mas, uma vez conhecido, não está mais na sua mão reverter à obscuridade. A celebridade é irreparável. Dela como do tempo, ninguém torna atrás ou se desdiz. E é por isso que a celebridade é uma fraqueza também. Todo o homem que merece ser célebre sabe que não vale a pena sê-lo. Deixar-se ser célebre é uma fraqueza, uma concessão ao baixo-instinto selvagem de querer dar nas vistas e nos ouvidos.

Veja quais famosos declararam voto em Dilma ou Aécio nestas eleições presidenciais

urnaJá vimos aqui que a corrida presidencial de 2014 no Brasil foi a mais disputada e acirrada de todas, desde que o País voltou a ter eleições diretas para presidente após o fim regime militar. Foi também a mais participativa, a que mais mobilizou o País, a que mais mexeu com o sentimento das pessoas. Nunca antes se tinha visto tanta gente fazendo campanha nas ruas e na internet. Amizades foram desfeitas ou enfraquecidas e rolou até agressões físicas e verbais. O Brasil dividiu-se ao meio (digo “meio” quase literalmente, dada a acirradíssima disputa nas urnas).

Nessa polarização nacional, não foram apenas pessoas comuns que manifestaram apoio a um dos candidatos. Um número surpreendente de famosos, dentre eles principalmente artistas e intelectuais, abriram mão da zona de conforto e, em detrimento das possíveis (na verdade, inevitáveis) críticas que poderiam receber, se posicionaram e declararam seu apoio e seu voto em um dos candidatos. Quase ninguém quis ficar neutro! Agora que as eleições já passaram e isso não influenciará mais o voto de ninguém, sacio vossa curiosidade (que também era minha) de saber quais famosos declararam voto em Dilma (PT) ou em Aécio (PSDB) nessas eleições.

DICA: Clique na tabela para ver em tamanho maior.

votos dos famosos

10 famosos que estudaram filosofia

A lista abaixo foi traduzida e adaptada do site DocsityÉ claro que existem inúmeros filósofos, pesquisadores e professores de filosofia que são mundialmente famosos no meio acadêmico, mas não é deles que essa lista trata. Também não inclui todos os papas da história da Igreja, que, como sabemos, têm formação filosófica. A lista é composta por nomes muito conhecidos em outras áreas e que quase ninguém imagina que um dia chegaram a estudar filosofia formalmente. Entre eles estão consagrados astros do cinema, atletas, políticos e até uma modelo, pra variar.

.

Richard Gere1. Richard Gere

Ele é talvez o maior galã de Hollywood de todos os tempos. Um fato pouco conhecido é que, quando terminou o ensino secundário, Richard começou a estudar filosofia na Universidade de Massachusetts. Depois de 2 anos ele decidiu deixar a carreira acadêmica para se tornar ator.

.

"Indiana Jones And The Kingdom Of The Crystal Skull" Japan Premiere2. Harrison Ford

Em Hollywood, ele foi nada menos do que o Indiana Jones. O que pouca gente sabe é que, depois de terminar o ensino médio, Harrison começou a estudar literatura e filosofia, mas terminou largando tudo para se dedicar à carreira de ator.

.

Steve Martin3. Steve Martin

Martin graduou-se em filosofia na California State University, em Long Beach, e por um tempo até foi professor de filosofia. Depois foi transferido para a Universidade da Califórnia, em Los Angeles, até que um dia decidiu abandonar os estudos para seguir a carreira de ator e comediante.

.

Bruce Lee4. Bruce Lee

Bruce Lee foi o mestre das artes marciais no cinema da década de 1970. Além de se dedicar aos seus filmes e às artes marciais, Lee também estudou filosofia na Universidade de Washington. Entre os filósofos ocidentais, se interessava especialmente por Hegel e Spinoza. Entre os orientais, estudou o pensamento de Krishnamurti e de taoístas como Lao-tzu e Chuang-tzu.

.

Shaquille O'neal5. Shaquille O’Neal

Shaquille O ‘Neal não é um craque apenas no basquete, mas também nos estudos. O jogador da NBA é graduado em filosofia na Louisiana State University, fez mestrado na Universidade de Phoenix e doutorado na Barry University.

.

Dr Martin Luther-King AT THE SAVOY HOTEL LONDON NEGATIVE NUMBE6. Martin Luther King

O maior ícone da luta contra o racismo nos EUA formou-se em artes do Morehouse College e em teologia no Seminário Teológico Crozer. Depois aprofundou os estudos em teologia sistemática na Universidade de Boston, onde recebeu o título de Doutor em Filosofia (PhD).

.

Groening Matt7. Matt Groening

Você pode não conhecer Matt à primeira vista, mas ele é nada menos que o criador da famosa série de TV Os Simpsons, entre outros desenhos animados famosos. Matt graduou-se no Evergreen State College, mas assim que concluiu a graduação mudou-se para Los Angeles para tentar a sorte no mundo da ilustração e do cartoon.

.

Alex de la Iglesia8. Alex de la Iglesia

O famoso diretor de cinema espanhol Alex de La Iglesia é bacharel em filosofia pela Universidade de Deusto, mas preferiu trabalhar com cinema e quadrinhos.

.

.

Christy Turlington9. Christy Turlington

Christy é uma das modelos mais famosas de todos os tempos. No final dos anos 1990, deixou as passarelas e começou a estudar literatura e filosofia oriental na Universidade de Nova York. Aproveitando-se de sua fama, ela hoje apoia causas humanitárias e filantrópicas.

.

Woody Allen10. Woody Allen

Woody Allen ganhou 4 Oscars e é dramaturgo, escritor, ator, produtor, músico e um dos maiores diretores de cinema de todos os tempos. Ele não chegou a estudar filosofia na universidade, mas demonstra interesse pelo assunto desde muito novo (sua primeira esposa era estudante de filosofia). Em seus filmes, ele sempre dá um jeito de incluir temas filosóficos.

Pinturas clássicas renascentistas são recriadas com rostos de famosos contemporâneos

“Renaissance Moderna” foi um concurso de efeitos fotográficos e manipulação de imagens promovido por um site americano. Propuseram aos membros da comunidade manipular pinturas clássicas usando os rostos de celebridades contemporâneas.

pinturasclassicasrecriadascomcelebridades

Os 25 personagens mais influentes da História

A Wikipedia foi a base de uma pesquisa realizada por Steven Skiena, professor de ciência computacional da Stony Brook University, nos Estados Unidos, e Charles Ward, engenheiro do Google. Os pesquisadores criaram um ranking para classificar os personagens históricos que mais impactaram e influenciaram a opinião das pessoas em todos os tempos. Como a Wikipedia é uma enciclopédia dinâmica, feita por internautas e validada por outros usuários a partir dos registros históricos, seu conteúdo tende a refletir a percepção das pessoas em geral sobre cada assunto. No entanto, como a história é escrita diariamente e a percepção das pessoas muda ao longo do tempo, a lista poderá sofrer modificações: “Nossa classificação continuará a evoluir e as figuras históricas podem se mover para cima ou para baixo ao longo do tempo”, afirmaram os professores. Mas vamos ao que interessa. A seguir, o ranking dos 25 primeiros colocados:

1. Jesus Cristo

2. Napoleão Bonaparte

3. Maomé

4. William Shakespeare

5. Abraham Lincoln

6. George Washington

7. Adolf Hitler

8. Aristóteles

9. Alexandre, o Grande

10. Thomas Jefferson

11. Rei Henrique VIII

12. Charles Darwin

13. Rainha Elizabeth I

14. Karl Marx

15. Júlio Cesar

16. Rainha Vitória

17. Martinho Lutero

18. Joseph Stalin

19. Albert Einstein

20. Cristovão Colombo

21. Isaac Newton

22. Carlos Magno

23. Theodore Roosevelt

24. Wolfgang Mozart

25. Platão

Com informações de: Veja.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pág. 1 de 11
%d blogueiros gostam disto: