Debate sobre teologia natural

Os teólogos William Craig, Guilherme de Carvalho, Davi Charles Gomes e Jonas Madureira debatem sobre a possibilidade e os limites de uma teologia natural. O debate foi realizado durante o 8º Congresso Brasileiro de Teologia Vida Nova, que aconteceu nos dias de 13 a 16 de março de 2012, em Águas de Lindoia, São Paulo, cujo tema geral foi “Apologética contemporânea para um mundo de incertezas”.

João Pessoa: 430 anos

Veja também: Nova York e João Pessoa registram mesma temperatura na noite de Natal

A minha cidade de João Pessoa está completando hoje 430 anos desde a sua fundação, em 05 de agosto de 1585. Sendo a terceira capital mais antiga do Brasil, a cidade tem muita história. Devido às belezas naturais e à boa qualidade de vida, muita gente escolhe João Pessoa como destino para morar e aproveitar a aposentadoria. Durante a Eco-92 (Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento), João Pessoa recebeu o título de “segunda capital mais verde do mundo”, ficando atrás apenas de Paris. O cálculo baseia-se na relação entre o número de habitantes e a quantidade de árvores na zona urbana. A cidade ainda foi considerada pela organização International Living como uma das melhores cidades do mundo para se desfrutar a aposentadoria.

Aproveitando a ocasião, veja abaixo quatro vídeos: duas relíquias que mostram imagens antigas de João Pessoa, e duas reportagens contando o surgimento da cidade e as curiosidades do seu centro histórico. Mas antes, um aviso: Se você conhece João Pessoa, vai ficar encantado vendo como eram as principais ruas, praças e lugares históricos da cidade – devido ao progresso, alguns lugares estão irreconhecíveis. Mas se você não conhece a cidade, talvez fique um pouco perdido e talvez pareça que as imagens não tenham muito sentido. Em suma, talvez esses vídeos interessem apenas aos meus conterrâneos. Porém, é possível que você fique curioso e queira vir conhecer essa terra. Se este for o seu caso, sinta-se sempre bem-vindo.


Este primeiro vídeo, de pouco mais de 10 minutos, é o mais antigo. Ele mostra como era a cidade de João Pessoa entre os anos de 1959 e 1963, durante a administração do então prefeito Luiz Gonzaga de Miranda Freire. Nessa época, a capital paraibana tinha uma população de apenas 172 mil habitantes.

Nesta reportagem da TV Câmara de João Pessoa, a historiadora Anal Leal conta, direto do rio Sanhauá, como aconteceu a colonização destas terras pelos portugueses, a fundação da cidade e como era a vida por aqui nos seus primeiros séculos de existência.

Finalmente, esta reportagem do programa Vida Melhor, do canal Rede Viva, leva você em um passeio pelos principais pontos turísticos do centro histórico de João Pessoa.

“Mentes Brilhantes” se reúnem na Espanha para prever como será o mundo em 2050

Como será o mundo e a vida das pessoas em 2050? Esta pergunta foi feita pela revista espanhola XL Semanal para 6 pessoas consideradas visionárias em ciência e tecnologia, durante a 4ª edição do Congresso de Mentes Brilhantes, em Madri, na Espanha. Veja abaixo quais foram as previsões para um futuro não tão distante:

4CMB

O seu melhor amigo será um computador

“Em 40 anos teremos computadores com consciência, dotados de sentimentos e com uma personalidade própria. Você falará com o seu computador e ele saberá logo de cara qual é o seu estado de ânimo no dia. Ele conhecerá a sua alma e o seu coração melhor do que ninguém”, explicou Steve Wozniak, um dos fundadores da Apple.

Seremos jovens a vida toda

“Atualmente, já dispomos de ferramentas que nos fazem mais fortes e rápidos, mas elas são inorgânicas: um avião, um carro. Daqui para frente, contudo, teremos as ferramentas orgânicas. Também teremos medicamentos que nos permitirão viver mais. Daremos um salto: viveremos jovens até o dia da nossa morte (…). Hoje, já é possível reverter o envelhecimento de uma célula em laboratório. Quando fizermos isso dentro do nosso corpo, seremos jovens até o dia da nossa morte”, imagina George Church, famoso geneticista de Harvard.

Um governo poderá mudar a mentalidade da população

“Em 2050, a internet estará em nossas cabeças. Hoje, para aprender idiomas, você tem que passar um ano estudando e ainda assim não consegue falar perfeitamente uma nova língua. Porém, quando você puder instalar um novo idioma como você instala um novo aplicativo em um celular, você poderá ser fluente em uma nova língua rapidamente. O limite que separará as pessoas e seus computadores deverá desaparecer. Surgirão novos problemas: se em 2050 um governo tiver o poder de mudar a personalidade de sua população, será muito importante para todos que não existam mais ditaduras”, alertou Evan Henshaw-Plath, cocriador do Twitter.

Controle das doenças infecciosas que causam o câncer

“A idade de aposentadoria das pessoas aumentará para 78 ou 80 anos, que será uma etapa extremamente produtiva. Harald zur Hausen (prêmio Nobel de Medicina), descobridor do vírus do papiloma humano (HPV), me mostrou recentemente que, no ano de 2020, 60% dos cânceres estarão associados a doenças infecciosas, provocadas por vírus, bactérias, parasitas e fungos. Não sei se teremos vencido o câncer até lá, mas teremos o controle de muitas doenças associadas a ele”, afirmou Manuel Patarroyo, vencedor do Prêmio Príncipe de Astúrias e criador da vacina sintética contra a malária.

Será necessário ter licença para ser pai

“Atualmente, podemos modificar nosso corpo muito mais do que no passado. Dentro de 10 anos, o que mudará será sua biologia. Por exemplo, a paternidade será algo muito diferente. Hoje, para adotar uma criança, você precisa passar por uma série de exames. Chegará o dia que também haverá uma espécie de licença para ser pai. O que me parece bom”, diz Andy Miah, Diretor do Instituto de Futuros Criativos, da Escócia.

Redes sociais lerão seus pensamentos

“Viveremos conectados: você não irá mais a nenhuma parte sem que ninguém saiba. Cada vez mais informações serão gerenciadas com o objetivo de prevenir congestionamentos, acidentes… Porém, isso também será usado para controlar as pessoas. Será inevitável. Hoje, o Facebook pergunta para você o que você pensa. Em alguns anos, ele não fará mais isso, pois saberá a resposta. Já estamos todos geolocalizados. Há 15 anos, quem mais sabia da sua vida era a sua mãe, hoje é o Facebook e o Google. Em 2050, todos saberemos o que todo mundo faz”, profetizou o especialista em tecnologia Javier Sirvent.

Fonte: History.

Espécies extintas podem voltar à vida?

a-era-do-geloOs avanços nas técnicas de clonagem e de biologia molecular trazem novas perspectivas para a biologia da conservação. A possibilidade de trazer espécies extintas de volta à vida se torna cada vez mais concreta e começa a gerar uma discussão sobre um campo emergente da ciência, que está sendo chamado de “desextinção”. Se for possível ressuscitar espécies que entraram em extinção, devemos fazer isso? Quais seriam as consequências para os animais que ainda estão por aqui? Por que utilizar recursos para projetos de desextinção se podemos investir na conservação de espécies ameaçadas que habitam a Terra neste momento? Para responder a essas perguntas, a National Geographic irá sediar o primeiro fórum público para discutir tema: O TedxDeExtinction.

O evento acontecerá amanhã (15 de março) das 9h30 às 18h (horário de Brasília), no Grosvenor Auditorium, na sede da National Geographic, em Washington, D.C. O evento também será transmitido ao vivo pela internet nos sites de National Geographic e TEDx.com (Technology, Entertainment and Design: Ideas Worth Spreading) – organização sem fins lucrativos dedicada ao conceito baseado em “ideias que merecem ser espalhadas”, na tradução literal do slogan em inglês. Os pesquisadores também irão apresentar projetos para trazer o mamute (Mammuthus primigenius), o tigre-da-tasmânia (Thylacinus cynocephalus), o íbex-dos-pirineus (Capra pyrenaica), o auroque (Bos primigenius) e o pombo-passageiro (Ectopistes migratorius) de volta à vida.

Mais Informações: TEDxDeExtinction.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pág. 1 de 11
%d blogueiros gostam disto: