Graduados – documentário completo

Dividido em três episódios, o documentário a seguir mostra o dia a dia de brasileiros que estudam nas melhores universidades do mundo, como as americanas Harvard, Princeton Yale. O documentário revela a rotina desses jovens que apostaram na aventura do conhecimento em um país estrangeiro, em busca da excelência acadêmica.


Conheça a rotina da Universidade Harvard

Assista abaixo uma série de três reportagens sobre como é o dia a dia numa das melhores universidades do mundo: a americana Harvard.


Universidades de ponta têm menos aulas
e mais tempo livre para estudo

A maioria dos estudantes brasileiros de graduação que foram estudar em universidades de ponta pelo programa Ciência sem Fronteiras do MEC conta que estranhou a quantidade reduzida de aulas das instituições estrangeiras. Um estudante de uma universidade como Harvard, considerada a melhor do mundo, tem em média 15 horas-aula por semana. Para comparar, quem faz engenharia na USP tem quase três vezes mais aulas. A filosofia de universidades como Harvard é que cada hora de aula demanda em média uma hora extra de estudos e leituras do aluno. Além disso, a universidade espera que o aluno se envolva em atividades de pesquisa, empresas-júnior, trabalho sociais e culturais e que pratique esportes. Com tudo isso, a formação fica completa e a grade fica cheia. Enquanto isso, o aluno da USP mal consegue ter tempo para estudar para as disciplinas obrigatórias porque as aulas tomam o dia inteiro. Essa questão é comumente abordada pelos gestores do Ciência sem Fronteiras. Na reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que neste ano aconteceu em Recife, o presidente da Capes, Jorge Almeida Guimarães, discutiu o assunto e defendeu a redução da grade obrigatória de aulas. O problema, de acordo com Guimarães, é fazer com que as universidades brasileiras topem essa redução.

Fonte: Abecedário.

Os camponeses mexicanos que ganham ultramaratonas correndo de sandálias

Os rarámuris (ou tarahumaras) são conhecidos por vencerem ultramaratonas tanto dentro como fora do México. No entanto, não são esportistas de elite; são camponeses. Não realizam treinamentos como fazem os demais atletas: é seu próprio dia a dia que os prepara para enfrentar provas de dezenas de quilômetros em montanha. É o que conta o jornalista americano Christopher McDougall em seu livro Nascido para Correr: “Os tarahumaras não treinam nem reduzem distâncias como parte de seu preparo. Não se alongam nem se aquecem. Apenas se aproximam da linha de saída rindo e fazendo piadas… e depois correm rápido como um ladrão durante as quarenta e oito horas seguintes”. Saiba mais sobre a intrigante façanha desse povo na reportagem do El País. Abaixo o trailer de um documentário sobre a rotina dos rarámuris.

tarahumararunners

Filmes sobre Lampião e o cangaço

bando de lampiao

Coletânea de documentários e filmes biográficos nacionais sobre a vida de Lampião, Maria Bonita, Corisco, Dadá e outros cangaceiros famosos que aterrorizavam o sertão nordestino no início do século 20. Clique nos links abaixo para assistir no YouTube.

O último dia de Lampião (1975)

Lampião, o rei do cangaço (1964)

Lampião e Maria Bonita (1982)

Meu nome é Lampião (1969)

Corisco e Dadá (1996)

O Cangaceiro (1953)

O renascimento do parto

O Renascimento do PartoA cesariana é uma cirurgia maravilhosa que salva vidas todos os dias, mas ela, pelo menos em tese, deveria ser um procedimento de urgência, uma alternativa caso a mulher ou o bebê corresse riscos graves com o parto normal. Infelizmente não é isso o que acontece hoje no mundo todo, especialmente no Brasil. Hoje, no Brasil, mais de 80% dos partos feitos com plano de saúde são cesarianas. Considerando todos os partos feitos no Brasil em 2014, mais da metade foram cesarianas. Por ser mais conveniente e lucrativo para os médicos, para os hospitais e para o sistema de saúde, este se tornou o novo paradigma obstétrico. A cesariana é o novo “normal”, e o chamado “parto normal” está se tornando cada vez mais raro.

O documentário “O Renascimento do Parto” denuncia essa prática abusiva e orienta, não só as gestantes, mas toda a sociedade, sobre um fato óbvio: a normalidade do parto normal. Ele critica o paradigma atual, faz uma apologia do parto natural, trás muitas informações valiosas, depoimentos de especialistas e mães, e é bastante útil para quem um dia pensa em trazer uma criança a este mundo. Se quiser saber mais a respeito antes de assistir o filme, assista o trailer abaixo, acesse o site oficial e a fanpage do projeto.

Diálogo sobre os dois principais sistemas do mundo – Galileu Galilei

800px-Galileos_Dialogue_Title_Page

Galileu Galilei (1564-1642), físico, matemático e astrônomo italiano, é considerado o pai da ciência moderna. Vivendo a maior parte de sua vida em Pisa e Florença, desenvolveu os primeiros estudos sistemáticos do movimento uniformemente acelerado e dos movimentos pendulares. Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia, ideias precursoras da mecânica newtoniana. Aprimorando o uso do telescópio refrator, foi um dos primeiros astrônomos a registrar as manchas solares, as montanhas da Lua, as fases de Vênus, quatro dos satélites de Júpiter e os anéis de Saturno. Foi também um dos mais corajosos defensores do heliocentrismo, desafiando a Inquisição e os dogmas da Igreja, e contribuiu decisivamente para o estabelecimento do método científico empírico.

A famosa obra Diálogo sobre os dois principais sistemas do mundo cobre o período de 1610 a 1632, no qual Galileu realiza uma impressionante campanha a favor do copernicanismo e da liberdade de pensamento, que ultrapassa as fronteiras da ciência para dirigir-se ao público em geral, ao conjunto da cultura organizada de sua época. Por isso, o Diálogo é uma obra de combate, cujo objetivo indisfarçável é o de fazer rever o édito de 1616 da Inquisição romana que proibia o livro De revolutionibus, de Copérnico. Ao afirmar assim o caráter planetário da Terra, Galileu destrói os fundamentos antropocêntricos da visão católica tradicional. E, de fato, será condenado em 1633 por esta obra que inaugura a ciência moderna e redesenha o mapa da cultura ocidental.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pág. 1 de 4123...Pág. 4 de 4
%d blogueiros gostam disto: