Mapas revelam a divisão do território brasileiro entre terras públicas e privadas

O Estado brasileiro possui 47% das terras do país, principalmente na Amazônia. Áreas indígenas e de conservação ambiental representam 13% e 12%, respectivamente. Veja como é o Brasil de acordo com a distribuição de suas terras:

BRASIL PRIVADO:

brasil privado

BRASIL PÚBLICO:

brasil publico

Fonte: Nexo.

Qual a origem e o significado dos nomes dados aos continentes e oceanos de nosso planeta?

Veja também: Qual a origem e o significado dos nomes dos países da América do Sul?

Na Antiguidade e durante toda a Idade Média, o mundo conhecido era formado pelos continentes europeu, asiático e africano. O nome “Ásia” vem do acádio asu (equivalente ao verbo “subir”, em português), em referência à terra onde o Sol se levanta. O nome “Europa” também teria vindo do acádio – língua falada na atual Turquia por volta de 1000 a.C. No caso, de erebu, que denota a terra onde o Sol se põe. “África” se refere à tribo Afri, que vivia em Cartago (atual Tunísia). Os romanos venceram os cartagineses em 146 a.C. e chamaram o território conquistado de África (“terra dos Afri”).

“América” é uma homenagem ao navegador italiano Américo Vespúcio, que desbravou parte do continente na virada do século 15 para o 16. O cartógrafo alemão Martin Waldseemüller usou mapas de Vespúcio e nomeou o continente. Já “Oceania” vem das filhas de Oceano, um dos 12 titãs da mitologia grega, e foi batizada pelo dinamarquês Conrad Malte-Brun no século 19. “Antártida” é uma simples oposição ao Polo Norte, com o prefixo “ant” significando oposição ao termo grego arktikos (“perto do urso”). Arktikos faz referência à constelação Ursa Maior, marcante no Hemisfério Norte.

E quanto aos nomes dos oceanos? O oceano Índico recebeu esse nome graças à costa da Índia, o que parece bastante óbvio. Já o Pacífico foi batizado em 1520 pelo navegador português Fernão de Magalhães, que realmente achou as águas desse oceano muito tranquilas. Atlântico vem de Atlas, personagem mitológico grego encarregado de suportar eternamente o peso dos céus nas costas por castigo de Zeus. Ártico também tem origem grega: a palavra arktikos, cujo significado já foi explicado acima. Por simples oposição ao Ártico, o oceano do Polo Sul foi nomeado como Antártico.

Fonte: Superinteressante.

O mundo com apenas 30 países

Em mais uma de minhas brincadeiras cartográficas, imaginei como seria o mundo se, em vez de mais de 200, houvessem apenas 30 países. O resultado foi esse mapa mundi simplificado (clique na imagem para ver em tamanho maior).

.

mapa mundo com apenas 30 países

.

PS.: Cogitei usar Hispânia (ou Ibéria), Gália, Britânia, Germânia, Escandinávia e Balcãs no lugar de Espanha, França, Inglaterra, Alemanha, Suécia e Grécia, respectivamente; mas achei que poucos entenderiam tantas referências medievais.

Atualização em 25/03/2017: Europa com apenas 13 países.

europa-13-paises

Estados do Brasil comparados a países

Dizer que o Brasil é um país de proporções continentais já é um clichê. Em área, muitos de nossos Estados são maiores do que grandes potências europeias. A novidade é que um professor universitário da Nova Zelândia, Roberto Rocco (que pelo nome desconfio que seja brasileiro), criou o mapa abaixo, que compara a área dos Estados brasileiros ao de vários países de todos os continentes.

Veja também: Minha Nação Nordestina

brasil-estados-paises

Mapa mundi da produção científica

Se o mundo fosse mapeado de acordo com a quantidade de trabalhos de pesquisa científica que cada país produz, assumiria uma aparência bizarra e irregular. O norte se ampliaria, enquanto o hemisfério sul praticamente desapareceria. Destaque maior para os Estados Unidos, o Japão e praticamente toda a Europa Ocidental.

mapa_producao_cientifica

Leia a matéria completa em: HypeScience.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pág. 1 de 3123
%d blogueiros gostam disto: