Sobre citações nas redes sociais

aspasExiste nas redes sociais uma indústria da falsa erudição, da falsa intelectualidade. Já observaram que quase todo mundo por aqui já leu Cecília Meireles, Clarice Lispector, Fernando Pessoa, Caio Fernando de Abreu (esse é o preferido de quem nunca leu nada fora daqui), Machado de Assis, Nietzsche, Aristóteles, Platão, entre outros? Acho que esses são os mais citados. No Facebook, pessoas que só escrevem posts de meia dúzia de linhas mal arranjadas, sem muita organização textual, instantaneamente (Ctrl+C; Ctrl+V) se transformam em escritores habilidosos, com estilo textual refinado e com raciocínio arguto e experiente. Honestidade cabe em todas as áreas da vida. Custa muito pouco sinalizar que o texto colocado no status de atualização é de outra pessoa (basta colocar aspas) e informar o autor e o lugar de onde foi extraído. Também custa muito pouco conhecer o autor e a obra de onde a frase, recorte ou trecho foi retirado. Se não der para ler a obra toda, pelo menos se conhecerá a fonte. Fazer isso é sinal de respeito e honestidade.

Sóstenes Lima, via Facebook.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta:

%d blogueiros gostam disto: