O real tamanho do continente africano

A cartografia é a ciência que estuda os mapas. Ela é essencial para o ensino da geografia. No século 3 a.C., Eratóstenes Hiparco construíram as bases da cartografia moderna, usando um globo como forma e um sistema de longitudes e latitudes. Pouco depois, Ptolomeu desenhou os mapas em papel com o mundo dentro de um círculo. Com a era dos descobrimentos, os dados coletados durante as viagens tornaram os mapas mais exatos. Após a descoberta do novo mundo, a cartografia começou a trabalhar com projeções de superfícies curvas em impressões planas. No início do século 20, iniciou-se um processo de críticas ao eurocentrismo relativo à projeção de Mercator, apresentada em 1589. Essa situação culminou, a partir de 1960, na mudança e troca de mapas (e demais projeções cartográficas) que refletiam essa distorção que beneficiava a Europa em detrimento às regiões como a África e a América do Sul. O apoio a essa questão foi tão forte que a ONU modificou todos os seus mapas distribuídos mundo afora.

mundi mercator

O problema da projeção de Mercator é que a Terra é um globo. Para gravar a superfície de uma esfera em um plano bidimensional e quadrilátero é preciso distorcê-la bastante. Perceba no exemplo acima que, quanto maior a latitude (proximidade dos pólos), mais “esticada” fica a representação da superfície terrestre. Nesse tipo de projeção, Alasca, Canadá, Groenlândia, Europa setentrional, Rússia e Antártida parecem muito maior do que realmente são. Repare que a Groenlândia parece ser praticamente do mesmo tamanho que a África, quando na verdade, sabe-se que o continente africano é 14 vezes maior que ela! Isso indica que às vezes não temos a real noção do tamanho do continente africano, por exemplo. Confira na imagem abaixo o tamanho real do continente africano comparado ao de vários países:

tamanho-da-africa

Fonte: Contexto.

NOTA: A melhor maneira de representar (projetar) a superfície terrestre é num globo, já que a Terra é redonda. Quado se faz necessário representá-la toda em apenas duas dimensões (para imprimir num livro didático, por exemplo), a melhor técnica é a do planisfério tal como representado abaixo (com esse formato meio oval, e não como um retângulo). Clique na imagem para ver em tamanho maior.

mapa-mundi

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Uma opinião sobre “O real tamanho do continente africano

  • 19 de agosto de 2015 em 17:07
    Permalink

    O texto deu a péssima impressão de que a África é um país, o que tem sido talvez mais questionado ainda do que a questão da representação do continente no mapa. Vale uma correção, pra ontem! 🙂

    Resposta

Deixe uma resposta:

%d blogueiros gostam disto: