Por que os livros escritos no século 20 estão sumindo das prateleiras?

Dá uma olhada nesse gráfico. Ele mostra as novas edições de livros disponíveis no site da Amazon, a maior empresa de comércio eletrônico do mundo, distribuídos por década.

puff1

Agora se pergunte: O que é esse buracão entre 1910 e 2000?

Direitos autorais.

Os direitos autorais surgiram em 1923. Todas as obras anteriores a esta data são de domínio público e portanto são frequentemente republicadas. De 1923 para frente, as editoras precisam pagar pelos direitos autorais e acabam optando por investir em títulos mais recentes, porque são os que vendem mais. O resultado é um desaparecimento da maioria dos livros do século passado das prateleiras das livrarias, sejam elas online ou offline. Isaac Asimov, Ray Bradbury, Kurt Vonnegut, Jack Kerouac e tantos outros, cada vez menos disponíveis. E apesar do gráfico e da fonte dessa pesquisa serem americanos, acredito que o fenômeno se repita em outros países, inclusive por aqui (Manuel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade, Guimarães Rosa, Clarice Lispector, Cecília Meireles, etc). Isso tudo sem mencionar a música, que sofre do mesmo mal. O objetivo dos Direitos Autorais, segundo os advogados que frequentemente os defendem, é “assegurar aos detentores um lucro pela propriedade intelectual, além de viabilizar a disponibilidade e a adequada distribuição da obra”. Não é o que o gráfico mostra. No lugar de barrinhas amarelas bem altas entre 1920 e 1990, nos resta 50 tons de cinza.

Fonte da pesquisa: Paul J. Heald, (University of Illinois). Via: Update or Die.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Uma opinião sobre “Por que os livros escritos no século 20 estão sumindo das prateleiras?

  • 27 de outubro de 2013 em 9:40
    Permalink

    Amei a colocação: “no lugar de barrinhas amarelas bem altas entre 1920 e 1990, nos resta 50 tons de cinza”.

    Resposta

Deixe uma resposta:

%d blogueiros gostam disto: