Peruano resolve problema matemático indecifrável há quase 300 anos

Veja também: Adolescente indiano resolve enigma
deixado por Isaac Newton há mais de 300 anos

Um matemático peruano conseguiu resolver um problema que ninguém havia conseguido desde 1742 quando foi proposto. O responsável pela façanha, Harald Andrés Helfgott, tem 35 anos e vive em Paris, na França, onde trabalha para o Centro Nacional para a Pesquisa Científica. Ele estudou nas prestigiadas universidades americanas de Princeton e Yale e recebeu diversos prêmios por suas contribuições à matemática. O problema, chamado de “conjectura fraca de Goldbach”, afirma que “todo número ímpar maior que 5 pode ser expresso como soma de três números primos”. Os números primos são aqueles que só são divisíveis por eles mesmos e por 1.

O problema, proposto por Christian Goldbach há 271 anos se converteu em dor de cabeça para os melhores matemáticos dos últimos 3 séculos. Desde 1923, com o esforço de nomes como G. H. Hardy e John Edensor Littlewood, foram obtidos avanços importantes para a comprovação da conjectura, porém ela ainda não havia sido demonstrada de maneira incondicional. Em 1937, o teorema de Vinogradov mostrou que qualquer número ímpar suficientemente grande pode ser representado como a soma de três números primos. A definição de “suficientemente grande”, porém, ficou pendente. Quem quiser ver o problema resolvido (em inglês) são 130 páginas de demonstração AQUI.

Fonte: Universidade de Cornell.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta:

%d blogueiros gostam disto: