No Peru, menina é mãe aos 5 anos!

lina-medina

Lina Medina é a mais jovem mãe confirmada na história da medicina. Ela nasceu em 27 de setembro de 1933 em Antacancha, no Peru, e teve um filho com apenas 5 anos de idade! Seu pai, Tiburcio Medina, notou que Lina estava com a barriga avolumada e ante as crendices de seus vizinhos que diziam que a menina tinha uma cobra dentro e culpavam Apu, o espírito dos Andes, levou-a aos curandeiros da aldeia, que disseram tratar-se de um tumor e aconselharam que levasse-a até Pisco, a cidade mais próxima. O médico Gerardo Lozada atendeu a garota e levou-a para Lima, a capital, onde outros especialistas diagnosticaram que Lina estava realmente grávida.

lina-medina (1)Lina começou a menstruar antes dos 3 anos e engravidou antes dos 5 anos. Nove meses depois, em 14 de maio de 1939, Lina deu a luz a um menino mediante uma cesárea realizada pelo Dr. Lozada e o Dr. Busalleu (cirurgiões), e o Dr. Colretta (anestesista). Seu filho, Gerardo Medina, pesou 2700 gramas. Os avós recusaram uma oferta de viajar para ser exibidos na Feira Mundial de Nova York (com despesas pagas e 4 mil dólares por mês). Mas aceitaram outra oferta, de 5 mil dólares de um empresário americano para que mãe e filho viajassem para ser pesquisados por cientistas dos EUA (a proposta incluía um fundo que garantiria seu bem-estar pelo resto da vida). Mas o governo peruano decretou que Lina e seu filho estavam em “perigo moral” e decidiu criar uma comissão especial para protegê-la. Em poucos meses abandonaram o caso e Lina nunca recebeu um centavo.

O recém-nascido foi criado acreditando que era filho de seus avós e somente aos 10 anos foi avisado de que Lina não era sua irmã, mas sua mãe. Em 1979 (aos 40 anos) morreu de uma rara doença na medula óssea. Não se sabe quem foi o pai do menino, pois Lina nunca contou sobre como havia sido violentada. O pai de Lina, Tibúrcio  esteve preso vários dias como suspeito da violação. Quando foi liberado, as suspeitas recaíram sobre um dos irmãos de Lina, que era deficiente mental. Aos 33 anos, Lina se casou com Raúl Jurado, e aos 39 anos (em 1972) teve outro filho, que emigrou para o México. Hoje ela vive em um bairro pobre em Lima. No Peru, espalhou-se uma crendice popular de que Lina era uma espécie de Virgem Maria, que tinha concebido por obra e graça do Espírito Santo, e, ainda hoje, o povo de Antacancha crê que Gerardo era filho do deus Sol.

Fonte: Insoonia.

.

Vó aos 17!

A avó mais nova de que se tem notícia tinha apenas 17 anos! A nigeriana Mum-Zi teve sua primeira filha aos 8 anos. Esta sua filha também se tornou mãe aos 8 anos, fazendo de Mun-Zi a avó mais jovem do mundo, antes mesmo de completar a maioridade. Além dessas, tem também a história da iraquiana que engravidou de 13 gêmeos (não tem nem nomenclatura pra isso) e da mulher que teve ao todo 69 filhos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta:

%d blogueiros gostam disto: