Grãos de areia ampliados 250 vezes revelam um mundo de cores e formas

Um cientista americano fotografa grãos de areia e amplia as imagens mais de 250 vezes, revelando estruturas de formatos inusitados e cores vívidas. “Cada grão de areia é único”, afirma Gary Greenberg, diretor do Laboratório de Microscopia e Microanálise do Instituto de Astronomia na Universidade do Havaí (EUA). Greenberg, que fotografa grãos de areia há 10 anos, é originalmente fotógrafo e cineasta, mas mudou-se de Los Angeles para Londres nos anos 1970 com o objetivo de tornar-se doutor em pesquisa biomédica pela University College, na capital britânica. O especialista diz que os grãos trazem consigo histórias sobre a geologia, a biologia e a ecologia da região de onde se originam. Para captar as imagens, ele utiliza microscópios especiais tridimensionais. Greenberg afirma que fotografar os grãos é uma tarefa complicada, já que os microscópios que ele utiliza têm pouca profundidade de campo, dificultando a obtenção do foco. “Eu supero essa limitação fotografando uma série de imagens tomadas com focos distintos. Para produzir uma imagem totalmente em foco, um programa de computador analisa cada imagem captada na série, seleciona as que estão bem focadas e descarta as outras”, diz.

29545_525469604139616_769187884_n

areia-aumentada-microscopio areia-microscopio areia-microscopio-lente areia-microscopio-lente-de-aumento areia-microscopio-pedras areia-microscopio-zoom areia-no-microscopio areia-vista-no-microscopio

Fonte: Terra Ciência.

Veja mais fotos AQUI.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta:

%d blogueiros gostam disto: