Descobertos manuscritos de Orígenes

origenUma série de manuscritos achados pela pesquisadora Marina Molin Pradel está chamando a atenção entre os estudiosos da história do cristianismo. Eles foram escritos por Orígenes (185-253 d.C.) e encontrados no seu idioma original, grego antigo. Considerado por historiadores como o mais erudito entre aqueles chamados “pais da Igreja”, Orígenes nasceu em uma família cristã de Alexandria, no Egito, por volta do ano 185 e recebeu uma sólida formação religiosa, além de uma completa educação secular. Aos 18 anos, foi incumbido de liderar a escola dos catecúmenos, e seus ensinos tornaram-se famosos, além do meio religioso, entre pagãos e gnósticos.

Orígenes tem uma obra estimada em cerca de 6 mil escritos, sendo que apenas 800 deles chegaram até nós. Poucas trazem os textos originais, já que a maioria foi expurgada pelas controvérsias origenistas posteriores, e outra parte sobreviveu apenas por meio de traduções sofríveis. A descoberta feita por Pradel aconteceu enquanto ela preparava um novo catálogo dos manuscritos gregos da Bayerische Staatsbibliothek, em Munique, na Alemanha. Enquanto examinava o conteúdo do Codex Monacensis Graecus 314 (datado do século 11 ou 12), uma coleção anônima de 29 homílias (supostamente inéditas) dos Salmos, ela descobriu que os manuscritos incluíam 4 das 5 homílias de Orígenes sobre o Salmo 36 traduzidos por Rufino. A descoberta foi anunciada por Lorenzo Perrone, o maior especialista em Orígenes na atualidade, e já está sendo chamada entre os eruditos com o “achado do século”.

Com informações de: O Contorno da Sombra.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Uma opinião sobre “Descobertos manuscritos de Orígenes

  • 30 de novembro de 2012 em 13:11
    Permalink

    Orígenes é show de bola! Por pouco não se tornou santo.

    Resposta

Deixe uma resposta:

%d blogueiros gostam disto: