Criminoso chora no tribunal ao reconhecer juíza com quem estudou na infância

Eles estudaram na mesma escola, eram colegas de turma na infância. Depois de anos sem ter notícias um do outro, se reencontram num tribunal; ela como juíza, ele como réu. A juíza chama-se Mindy Glazer. Foi ela quem reconheceu Arthur Booth, 49 anos, acusado de roubar um carro durante assalto a uma residência. Foi ela também quem julgou o caso e determinou a prisão de Booth. Ao reconhecer a ex-colega da escola numa situação bem diferente da sua, o criminoso chora emocionado. Assista:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta:

%d blogueiros gostam disto: