Brasil tem eleição para presidente mais apertada desde a redemocratização

O segundo turno da corrida presidencial entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) teve a disputa mais apertada para presidente desde 1989, quando o país voltou a ter eleições diretas para presidente após o fim do regime militar. A vitória de Dilma só foi conhecida às 20h30, com 98% das seções apuradas. A petista terminou com 51,64% e o tucano, com 48,36%. Em 1989, Fernando Collor de Mello (PRN) foi eleito no segundo turno, com 53,03% dos votos válidos, contra 46,97% de Lula (PT). Em 1994 e 1998, Fernando Henrique Cardoso (PSDB) ganhou no primeiro turno, com 55,22% dos votos válidos (1994) e 53,06% (1998). Em 2002, após três derrotas, Lula (PT) foi eleito pela primeira vez ao alcançar 61,27% votos válidos no segundo turno, contra 38,73% de José Serra (PSDB). Em 2006, Lula (PT) foi reeleito no segundo turno, com 60,83% dos votos válidos, contra 39,17% de Geraldo Alckmin (PSDB). Em 2010, quando conquistou seu primeiro mandato, a petista Dilma Rousseff também foi eleita no segundo turno. Na época, ela superou o tucano José Serra. Dilma foi eleita em 2010 com 56,05% dos votos válidos, contra 43,95% de Serra.

Veja o histórico no infográfico do G1 abaixo:

o-resultado-das-ultimas-eleicoes-presidenciais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta:

%d blogueiros gostam disto: